Em 2018, a nossa campanha de comunicação interna “Viva Mais e #VivaMelhor!” possui o objetivo de conscientizar os colaboradores da companhia com hábitos que todos deveriam incluir em sua vida, para viver de forma mais agradável e saudável.

Muitos de nós alegam falta de tempo ou uma interminável série de desculpas, postergando assim, o projeto de obtenção de uma vida melhor. No mês de janeiro, falaremos um pouco sobre a importância da atividade física para a nossa saúde.

Janeiro: Exercite-se para viver mais!

Todo início de ano é assim: fazemos mil promessas e planos de mudanças. Com a atividade física e os hábitos saudáveis, em geral, não é diferente. Quem aí já prometeu que iria se matricular em uma academia, começar a correr ou fazer uma dieta e não conseguiu ou então até conseguiu começar, mas não deu conta de manter? Comece o ano novo de uma forma diferente! Tome uma atitude e combata o sedentarismo.

O sedentarismo é um grave problema. No Brasil estima-se que mais de 60% dos adultos, que vivem em áreas urbanas, não praticam atividade física. Essa é pra você que passa muito tempo sentado na frente de um computador: um estudo do Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos revela que esse hábito abala a longevidade. Segundo o cardiologista Nabhil Gorayeb, seja andar ou correr, qualquer exercício físico feito por, pelo menos, 30 minutos diários trará enormes benefícios para o coração.

A caminhada é uma ótima opção para todos porque não exige treinamento, técnica, equipamentos ou instrutores. Já a corrida exige avaliação médica e tem mais riscos ortopédicos e cardiovasculares. Para quem quer começar, é importante escolher locais ao ar livre, com sombra e longes da poluição. A hidratação é extremamente importante, portanto, não se deve ficar muito exposto ao sol e sem beber água. O calçado ideal com um bom amortecedor também é essencial para prevenir lesões.

A alimentação também é uma dúvida freqüente de quem começa a fazer exercício. Segundo a nutricionista Cristiane Perroni, a dica principal é nunca fazer atividade física em jejum. Antes, é bom comer carboidratos em porções pequenas e, depois, proteínas e carboidratos.

Caso a pessoa treine sem se alimentar corretamente, ela pode ter hipoglicemia, desidratação e perder também massa magra. Veja cinco motivos para começar a se exercitar — além de entender o que é preciso fazer antes de começar uma atividade. Confira:

1. Aumenta a disposição

Essa é a primeira mudança que um novo praticante de atividades físicas vai perceber: o aumento significativo da disposição durante as tarefas rotineiras. Ou seja, quem praticar exercícios físicos acorda mais disposto e não se cansar facilmente ao longo do dia.

2. Melhora o condicionamento

Além de queimar gordura, quem se exercita regularmente começa a notar uma definição gradual dos músculos trabalhados. Isso, é claro, com uma bateria de exercícios mais puxados e direcionados, como as aulas de spinning para a definição das pernas ou o levantamento de halteres para os braços.

Vale salientar, também, que há uma melhora no condicionamento mental quando passamos a gastar mais energia com exercícios. Assim, fica mais fácil se concentrar nas tarefas do dia a dia — e a produtividade no trabalho e nos estudos aumenta consideravelmente.

3. Previne doenças

Muitas pessoas relacionam diretamente algumas doenças, como a diabetes e o aumento de colesterol, à obesidade. No entanto, mesmo uma pessoa magra não está imune a esses problemas. Isso acontece, pois essas doenças estão associadas ao sedentarismo — e não ao peso. Agora, se você não suporta a ideia de frequentar uma academia, considere, então, começar a praticar um esporte, seja futebol, vôlei ou natação, por exemplo. O importante é se movimentar!

4. Fortalece o organismo

A importância da atividade física também diz respeito ao fortalecimento do nosso organismo. Além de deixar tendões e ligamentos mais flexíveis e a musculatura mais forte, é possível perceber o fortalecimento no funcionamento do coração, do sistema respiratório e imunidade.

5. Contribui para o bom humor

Quando você se exercita, há a liberação de substâncias neurotransmissoras, como a dopamina e a serotonina, responsáveis pela sensação de prazer e felicidade. Isso não somente ajuda a combater a ansiedade e a depressão, como contribui para a melhora do nosso humor — e esse é um benefício que não pode ser ignorado.

Fonte: Portal G1