Quais são os desafios de liderança para os CIOs em 2020?

Maioria dos líderes de TI ainda atuam de forma reacionária. Para agir de forma significativa, líderes deverão impulsionar habilidades analíticas

Com o papel do CIO mudando de especialista em tecnologia para apoiar as estratégias dos negócios, os líderes de TI estão enfrentando alguns desafios. De acordo com o Gartner, em 2020, os CIOs terão que mudar a sua mentalidade para passar a atuar como um gerente geral, aproveitando os pontos fortes aprimorados pelo trabalho com a tecnologia para alcançar as ambições digitais das empresas.

Para alcançar esses objetivos, os analistas do Gartner afirmam que os executivos de TI precisarão aceitar a necessidade de aprendizado, deixando de lado preconceitos e crenças que possam impedir a sua atuação para estabelecer parcerias com as demais lideranças.

Um dos pontos mais importantes para os CIOs será lidar com as interrupções da melhor maneira possível. Apesar das falhas poderem ser percebidas antes de acontecer, a maioria dos líderes de TI atuam de forma reacionária. No lugar dessa abordagem, os executivos terão que estabelecer estratégias proativas que os prepare para lidar com as interrupções antes que elas ocorram, identificando qual papel assumir nessas situações. Quando uma interrupção acontece, os CIOs têm a opção de se defender e proteger as práticas já existentes ou ver o cenário como uma oportunidade de explorar, aprender e desenvolver novas práticas.

Atualmente, o mundo está repleto de ameaças e oportunidades que competem pela atenção dos CIOs. Para agir de forma significativa, os líderes deverão impulsionar suas habilidades analíticas para selecionar quais serão as questões abordadas. Para isso, será fundamental estabelecer relacionamentos, inspirar e treinar pessoas para a colaboração e o crescimento dos negócios.

Para além disso, com as mudanças das necessidades das empresas, os CIOs terão que enfrentar outros três desafios principais:

. Equilibrar o gerenciamento de produtos e projetos para se concentrar em fornecer resultados aos negócios;
. Oferecer experiências de excelência para clientes e colaboradores;
. Encontrar e aperfeiçoar talentos para oferecer suporte para novas tecnologias.

Visando esses objetivos, os executivos precisam trabalhar com liderança estratégica, transformações culturais e mentalidade inovadora.

Fonte: Portal CIO – clique aqui e acesse.