Nível de automação no Brasil cresceu 4% entre 2018 e 2019

OÍndice de Automação do Mercado Brasileiro, criado pela Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil com apoio da empresa de pesquisas GfK, indicou crescimento do uso de tecnologia dentro das empresas brasileiras. Segundo a análise, o nível de automação nas empresas aumentou 4% de 2018 para 2019. 

Para contextualizar, o índice está mensurado em um intervalo de avaliação de 0 a 1, sendo 0 a ausência de automação e 1 a representação da automação plena. Na edição 2019, foram entrevistados 2.680 consumidores; 1.979 empresas do setor de indústrias e 2.833 empresas de todos os portes e com abrangência nacional em comércio e serviços. 

O estudo constatou que o conceito de automação está bem difundido nas empresas e que está diretamente ligado à produtividade e à inovação.

Enquanto o conceito de automação para a indústria está mais ligado à produção e logística com o uso de maquinário, esteiras e sensores óticos, para o comércio e serviços ele se ampliou a todos os equipamentos que tornam os processos mais eficientes – incluindo sistemas de gestão do ponto de vendas e do estoque. 

Categorias 

Quando se divide os resultados por categorias, o setor de Indústria (que contempla Sistemas, Logística, Atendimento, Relacionamento com o Colaborador, Relacionamento com o Cliente e Fábrica) ficou com 0,275, maior do que a avaliação de 0,273 registrada em 2018. Já o setor de Bens de Consumo Semiduráveis saiu de um índice de 0,249 para 0,259. 

Já o setor de Comércio e Serviços (que contempla Sistemas, Logística, Atendimento, Relacionamento com o Colaborador, Relacionamento com o Cliente e Loja) ficou com 0,234 (em comparação com 0,213 em 2018). Quando se explora os segmentos, o setor de comércio eletrônico foi o que mais se destacou: passou de 0,295 para 0,317. 

Quando se entra no mercado Consumidor, leva-se em conta a automação ligada à tecnologia. Esse índice também apresentou crescimento durante o período, passando de 0,174 para 0,181 pontos.

De acordo com a análise, as maiores evoluções na adoção de tecnologias pelos consumidores ocorreram no aumento do acesso à internet e na adoção de tecnologias no veículo como sensor de ré e a integração do celular e do GPS ao sistema de multimídia dos veículos.