Mercado de Cloud Computing poderá chegar a US$ 206,2 bi em 2019

O mercado mundial de serviços em nuvem pública deverá crescer 17,3% em 2019, totalizando US$ 206,2 bilhões, acima dos US$ 175,8 bilhões em 2018, segundo o Gartner. Para este ano, a empresa prevê que o mercado crescerá 21%, acima dos US$ 145,3 bilhões de 2017.

O segmento que mais cresce são os serviços de infraestrutura de sistemas em nuvem (IaaS). Essa modalidade deve saltar 27,6% em 2019, chegando a alcançar US$ 39,5 bilhões, acima contra os US$ 31 bilhões em 2018.

Até 2022, a Gartner espera que 90% das organizações que compram IaaS em nuvem pública o façam de um provedor de IaaS e plataforma como serviço (PaaS) integrado e usem os recursos de IaaS e PaaS desse provedor.

“A demanda por ofertas integradas de IaaS e PaaS está impulsionando a próxima onda de adoção da infraestrutura em nuvem. Esperamos que os provedores de nuvem somente IaaS continuem a existir no futuro. Contudo, apenas como participantes de nicho, já que as organizações exigirão ofertas com mais amplitude e profundidade para seus ambientes híbridos. Já iniciativas estratégicas, como projetos de transformação digital que resultam na adoção de nuvem multicloud e híbrida, impulsionam o crescimento do mercado de IaaS”, explica Sid Nag, diretor de pesquisa do Gartner.

O software como serviço (SaaS) continua sendo o maior segmento do mercado de nuvem. A receita dessa vertente deve crescer 17,8% e alcançar US$ 85,1 bilhões em 2019.

SaaS, Cloud em evolução

“A crescente adoção de aplicativos SaaS e outros serviços na nuvem impacta o gerenciamento, disseminação e exploração do conteúdo corporativo. As organizações estão mudando constantemente – mas não exclusivamente – seus ambientes de conteúdo para o SaaS. O Gartner espera que, até 2019, o atual mercado de gerenciamento de conteúdo corporativo passe a ser uma solução de conteúdo e serviços de solução baseados na nuvem, criados para um fim específico”, frisa Craig Roth, vice-presidente de pesquisas da Gartner.

Na categoria de processos de negócios como serviço (BPaaS), o Gartner prevê crescimento de receita de 7,9%, atingindo US$ 50,3 bilhões em 2019. A companhia descobriu que, especialmente nessa categoria, os compradores esperam cada vez mais experiência em domínio profundo, tecnologia e recursos de implantação global. Além disso, portfólios de serviços que conectem ofertas legadas e suportem novos paradigmas automatizados, digitais e de prestação de serviços em nuvem.

Fonte: Portal IT Forum 365

Posts Relacionados