IBM apresenta mais cinco tecnologias que transformarão os próximos 5 anos

Gêmeos digitais, a associação da IA com IoT e Blockchain, o mapeamento de microbiomas e a reciclagem radical mudarão por completo a cadeia alimentar

A IBM acredita que a missão da companhia é ajudar seus clientes a mudar a maneira como o mundo funciona. Por isso, todos os anos, a companhia usa sua conferência anual, a IBM Think, para apresentar alguns dos maiores avanços do IBM Research. O 5 em 5 já virou tradição. Aborda cinco tecnologias que a companhia acredita que irão remodelar fundamentalmente os negócios e a sociedade nos próximos cinco anos. Este anos, os pesquisadores da IBM farão um ‘Science Slam’ com transmissão ao vivo, nesta quarta-feira, 13 de fevereiro, para compartilhar seu trabalho e previsões através de narrativas pessoais, como menos de cinco minutos cada.

Eles partiram do pressuposto que, nos próximos cinco anos, a população da Terra ultrapassará a marca dos oito bilhões pela primeira vez. Nossa complexa cadeia alimentar – já estressada pelas mudanças climáticas e um suprimento limitado de água – poderá ser insuficiente para atender às demandas dessa superpopulação. “Precisaremos de novas tecnologias e dispositivos, inovações científicas e formas inteiramente novas de pensar a segurança e a segurança alimentar”, diz a IBM. É nelas que seus pesquisadores já estão trabalhando.

Um dos objetivos é ajudar os agricultores a maximizar o rendimento das lavouras. O outro é desenvolver maneiras de conter a epidemia de lixo que destrói 45% do nosso suprimento de alimentos. “Nossos cientistas estão trabalhando para criar uma rede de segurança para capturar patógenos e contaminantes antes que eles adoeçam as pessoas”, diz a IBM. Também estão inventando maneiras de manter o plástico fora de nossos aterros e oceanos.

Quando a oitava bilionésima pessoa nascer, ela entrará em um mundo mais conectado, mais interdependente e mais responsivo à mudança do que a que seus pais jamais imaginaram. Este é o futuro que nos espera a todos.

Aqui está um resumo das previsões que os cientistas da IBM apresentarão este ano.

Gêmeos Digitais ajudarão na produção de alimentos

Como dar crédito a um fazendeiro que nunca colocou os pés em um banco? Digitalizando e capturando todos os aspectos da sua produção, desde a qualidade do solo até as habilidades do motorista do trator e o preço do melão vendido no mercado.

Nos próximos cinco anos, os gêmeos digitais usarão esses dados para prever com precisão o rendimento das safras, o que fornecerá aos bancos e instituições financeiras os dados necessários para ajudar os agricultores a obter crédito e expandir o seu negócio.

Em tempo: Digital Twins (Gêmeos Digitais) são simulações digitais de processos, máquinas, componentes ou negócios inteiros, usando Inteligência Artificial combinada com Internet das Coisas.

Blockchain, IA e IoT evitarão o desperdício de alimentos

Dentro de cinco anos, eliminaremos muitas das incógnitas dispendiosas na cadeia de fornecimento de alimentos. De agricultores a fornecedores de mantimentos, cada participante da cadeia de suprimentos saberá exatamente quanto plantar, colher, vender, encomendar… A perda de alimentos diminuirá bastante e os produtos que chegarem as consumidores serão mais frescos – quando as tecnologias Blockchain, IoT e IA unirem suas forças para impedir que mais alimentos sejam desperdiçados.

O mapeamento dos microbiomas nos protegerá das bactérias ruins

O acesso a informações sobre milhões de bactérias aliado à análise da constituição genética dos micróbios (microbiomas), nos ajudará a proteção a saúde dessa superpopulação.

Micróbios – alguns são saudáveis ​​para consumo humano, outros não – são regularmente introduzidos em alimentos em fazendas, fábricas e mercearias. Graças a uma nova técnica que permite analisar eficazmente sua constituição genética, eles nos dirão muito sobre o que consumimos.

A capacidade de monitorizar constantemente e de forma barata o comportamento dos micróbios em todas as fases da cadeia de abastecimento representará um enorme salto na segurança alimentar.

Sensores detectarão patógenos veiculados por alimentos

Agricultores, processadores de alimentos e mercearias do mundo – juntamente com seus bilhões de cozinheiros domésticos – serão capazes de detectar contaminantes perigosos sem esforço em seus alimentos. Tudo o que precisam é de um celular ou uma bancada com sensores habilitados com IA, capazes de detectar agentes patogênicos transmitidos por alimentos em qualquer lugar.

Esses sensores de bactéria aumentarão drasticamente a velocidade de um teste de patógenos, de dias para segundos.

Reciclagem radical

Segundo a IBM, o descarte de lixo e a fabricação plásticos serão bem diferentes nos próximos anos. Todo plástico será reciclável graças a inovações como o VolCat, processo químico que sintetiza o poliéster em uma substância reutilizável na fabricação de novos produtos.

Ao contrário do PET produzido a partir de um processo de reciclagem mecânica, o PET produzido pela VolCat é 100% reciclável, o que lhe confere um valor muito superior ao seu uso inicial e mantém nossos plásticos mais comuns na cadeia de reciclagem e fora do aterro.

Tudo, desde caixas de leite e recipientes de biscoitos a sacolas de compras e roupas, será reciclável, e as empresas de manufatura de poliéster serão capazes de aceitar o lixo e transformá-lo em algo útil novamente.

 

G&P e IBM

Buscando atender os clientes sempre de forma plena e com o máximo em qualidade, a G&P possui parceria com os maiores players do mercado. A G&P é uma parceira IBM na implantação e sustentação em soluções de computação cognitiva IBM Watson e IBM Security.

Gostaria de mais informações sobre as nossas soluções em parceria com a IBM? Clique aqui e acesse.

Posts Relacionados

Tags: